sábado, 29 de maio de 2010

«A PROPÓSITO DE UMA FEIRA QUE DUROU QUASE UM MÊS...»

No Expresso de hoje, 29 de Maio de 2010, António Guerreiro escreve o artigo «Sobre o arraial das livrarias e a Feira do Livro» («Actual», p. 34), que aconselhamos a ler e a comentar aqui, de onde respigamos «A propósito de uma feira que durou quase um mês, ninguém parece interessado em perguntar se as barracas montadas por tanto tempo não afastam, mais do que seria desejável, as pessoas das livrarias (...)».

E o debate continua...

Isto não fica assim!

1 comentário:

  1. eu continuo a ir a livrarias, mesmo já tendo passado pela FL do Porto, três vezes...

    ResponderEliminar