terça-feira, 1 de março de 2011

O ISTO E O ASSIM

Quanto a isso de o livro acabar e,
ainda antes deles,
as livrarias,
estamos conversados.
Embora se possa
e até seja inevitável
continuar a conversa,
«que tempo irá fazer amanhã?», temos que perguntar dia após dia.
Porque o futuro é sempre o futuro a apanhar-nos, muito com ameaças,
mas sobretudo com a certeza de que para a frente é que é caminho.

O que for será e o que importa aqui
é esta simples constatação:
somos muitos os que hoje e neste nosso país andamos nisto dos livros.
Já fomos mais?
Não sei.
Já fomos menos?
Isso sim! Isso eu sei!

Se nos encontrarmos uns com os outros, talvez seja agradável
constatarmos que de muitas maneiras as GENTES DO LIVRO
são muita gente. E que há por aqui muita gente que vale a pena!

E seja como for «isto não fica assim»:
se não mudares, és mudado!
Ou julgas que os outros não se safam, mas tu vais safar-te?
Pensar assim, há muita gente que... Depois, é o que se vê!

MM

Sem comentários:

Enviar um comentário