quarta-feira, 30 de março de 2011

a quem livros e leitura enchem e preenchem a vida.


III ENCONTRO LIVREIRO - 25.MARÇO.2012

- Já a falar num novo ENCONTRO?
- Se já tem data, por que não?
Bom, tratar do passado olhando o futuro!

A data foi marcada no passado domingo, no II Encontro Livreiro Anual em Setúbal.
No próximo ano, 2012, o último domingo de Março é o dia 25:
vai haver nesse dia III Encontro Livreiro.
E nesse dia o acontecimento já completará dois anos. Muito novo! Mas, se crescer ao ritmo do seu primeiro ano, é preciso cuidar-lhe das asas.

O tempo voa!
E o «espantalho»?
Sabe-se lá se vai voar ou se continua no seu lugar! De pouco a pouco envia sinais de partida, mas vai ficando…

Quem daí nos quer trazer de novo à leitura daquele poema que ontem partilhámos, no nosso «encontro e convívio», e que é parte integrante de O Espantalho Voador de Fernando Bento Gomes?
Tenho de repetir! Ao menos o «ponto» final :
A vida de uma cidade
nasce das mãos das pessoas.

O II Encontro Livreiro, que ao longo de todo o mês despertou um interesse e teve uma divulgação que deverão, talvez, merecer um cuidadoso momento de reflexão, atingiu os seus objectivos de encontro e agradável convívio de Gentes do Livro. Com os quarenta a cinquenta participantes que se previra (Cf. notícia da Lusa que pode ser lida no DN de sábado, 26). Participantes fisicamente, porque não foram poucos os que quiseram e não puderam vir e muitos mais foram os que não pretendendo vir acompanharam com interesse o modo como o acontecimento se propôs.
Quem foi participando e sentindo crescer a satisfação de estarmos uns com os outros em intervenção, em troca de ideias, em ficarmos a conhecer-nos, a aperceber-mo-nos do enriquecimento desta troca de pontos de vista muito diferentes, saiu contente… e, e, e… e tarde da Culsete e (muitos) de Setúbal.
EU VI!

E o livreiro velho? Que tal?
Está aqui para agradecer a todos e a muitos: os que participaram e os que não-mas…
Ora, digam! Façam o favor de se porem no lugar dele: não se sentiriam gratos a quem participasse num acontecimento assim, nas vossas casas, a vosso convite?
Quando sentiu que o pretendido ambiente já estava a acontecer, o livreiro velho rejubilou. E foi tão bem tratado!
O II Encontro Livreiro Anual em Setúbal acabou deixando a sorrir todos os que foram ficando até se acabar a tarde e a noite chegar com uma chuvinha bem semelhante à da madrugada:
«Março, marçagão!…».
Até a metereologia!
Muito simpática, ao longo da tarde!

Contente, muito contente que estava o livreiro velho. E não o escondeu!
Então ficou satisfeito?
Depende do que se entender por satisfação.
Tudo podia ter sido ainda melhor. É preciso crescer, aprender a tirar todo o proveito da experiência que se vai adquirindo. À medida que se cresce mais fácil é perder a espontaneidade e afabilidade que proporcionam conhecimento e bom entendimento.
Conhecimento e entendimento: a base da possível, necessária e urgente cooperação.
Como Pedro Vieira apelou, ao enviar pelo seu blogue o seu-nosso cartaz: GENTES DO LIVRO, UNI-VOS!

Já estamos no III Encontro Livreiro Anual em Setúbal desde a segunda-feira a seguir a vivermos o II:
ouvi o apelo de Luís Guerra e espero ir ao seu encontro para que o Encontro Livreiro, pela blogosfera, vá decorrendo até 25 de Março de 2012.

Espero!
Ouço-me em eco?
Não, não!

Mais espero e muitíssimo a sério, é de quem levou a sério a percepção que teve do prazer e proveito de nos encontrarmos, nos conhecermos e convergirmos.
Depois do êxito de tão participativa comunicação na blogosfera, durante as últimas semanas, daqui a um ano que todos se «queixem» do Luís Guerra por nos ter pedido que fôssemos «postando» ideias, iniciativas, tudo e de tudo o que é nosso, no nosso blogue «encontrolivreiro.blogspot.com».
Queixemo-nos de nos ter apanhado com o seu reconhecido entusiasmo por uma causa que afinal é a de todos nós!
Nós,
a quem livros e leitura enchem e preenchem a vida.
L. V.

Mais uma vez um P. S.!
É para dedicar este texto aos blogers que…

L. V.

Sem comentários:

Enviar um comentário