terça-feira, 29 de março de 2011

«trocar ideias, esse gesto tão simples mas tão pouco praticado»

O II Encontro Livreiro levou à Culsete, em Setúbal, mais de quatro dezenas de pessoas. Foi um sucesso em relação à edição do ano passado, mas o certo é que o sucesso destas coisas não se mede em números, antes em cumplicidades e ideias, e desse ponto de vista o II Encontro Livreiro pode bem ter sido um gigantesco sucesso. Entre livreiros, autores, vendedores, distribuidores, músicos, jornalistas da área, professores, bloggers, leitores e consultores, o que se fez foi trocar ideias, esse gesto tão simples mas tão pouco praticado. Perceber as dificuldades e as vontades de cada sector da área do livro, apontar soluções, descrever modos de trabalho, tudo isso cabe no espírito deste Encontro. Desfilaram queixas, não só porque isso faz parte da nossa natureza como porque há, de facto, queixas a fazer. Mas sobretudo apontaram-se propostas, coisas que podem ser feitas com menos custo financeiro e mais dedicação, e delineou-se uma estratégia possível para o contacto entre todos se manter activo durante o ano. Essa estratégia pode passar, como foi ficando claro ao longo da tarde, pela transformação do blog do encontro, Isto Não Fica Assim!, numa plataforma que agregue informação relevante sobre o sector do livro e da leitura, mostrando o que cada um vai fazendo na sua área e permitindo a discussão. E depois houve Moscatel, ou não estivéssemos em Setúbal.

Sara Figueiredo Costa

Cadeirão Voltaire

Sem comentários:

Enviar um comentário