quinta-feira, 14 de abril de 2011

«Deixem-se de merdas...»



«Deixem-se de merdas, somos todos culpados»

Luís Filipe Cristóvão


Sem comentários:

Enviar um comentário