sexta-feira, 1 de abril de 2011

Embebedemo-nos pois dessa paixão comum.


«ISTO NÃO FICA ASSIM»,
POIS DEVE SUBIR À CABEÇA


Um pedido de Rita Pimenta e Luís Guerra para... Está bem, eu conto!

Imaginar o campo de futebol de Angra do Heroísmo. Finais dos anos quarenta ou início dos anos cinquenta
(Século? Ah! Se o digo vou ficar mais velho!):
Está a decorrer um jogo entre os dois rivais, o Angrense (vermelho à Benfica) e o Lusitânia (riscas verdes à Sporting).
Jogo de paixões, um Sporting-Benfica à escala. O episódio passa-se do lado da bancada e nós, os moços estudantes do Seminário Episcopal,
de pé no topo da mesma, por acordo e preço especial. Por isso foi ver e também ouvir. Tudo pequeno e, portanto, próximo.

- «Isto não fica assim!»- diz o do Angrense, que um pouco antes levara do outro uma forte canelada;
- «Não, não! Isso vai inchar!» - responde o Peixoto, do Lusitânia, que fora o autor da dita.

No 28 de Março de 2010, seu dia de anos, terminado o I Encontro Livreiro, contei ao Luís Guerra este episódio
que a memória, ao longo da vida longa, me veio trazendo para muitas circunstâncias, quer pela positiva quer pela negativa.
Vai daí agarrou e, sem aviso prévio, Sua Excelência, ao criar o nosso-BLOGUE, proclamou que «ISTO NÃO FICA ASSIM!».

Na altura, foi mais uma boa ocasião para ouvir num eco: «ISTO NÃO FICA ASSIM!».
E desta vez?
Leram este comentário no «chapeuebengala.blogspot.com»:

Embebedemo-nos pois dessa paixão comum. (Rita Pimenta)?

Se leram, então acho que posso, aqui no blogue de todos, brincar com o Moscatel...
Até porque:
«não gostamos de brincar com coisas sérias, mas temos por muito bom que coisas sérias se possam fazer a brincar».

A brincadeira AQUI é esta:
Depois de bebido o Moscatel de Setúbal,«ISTO NÃO FICA ASSIM!» Não pode!
Vai subir à cabeça! Vai subir à cabeça!
Quer dizer: vai pôr-nos a pensar e daí pode ser que...

Rita Pimenta teve a ousadia de o proclamar:
«Embebedemo-nos pois
dessa paixão comum
»

(comentário, chapéu, 29/3/2011).

Quem está por fazer coro com tão adequada proclamação?

L. V.

1 comentário:

  1. ISTO NÃO FICA ASSIM! Ai! Não fica, não! :)

    um beijinho grande*

    ResponderEliminar