sexta-feira, 1 de abril de 2011

Promoção do livro e mediação de leitura

Caríssima/o,

A Culsete vai realizar mais uma actividade de promoção do livro e mediação de leitura.

É já no próximo sábado, 2 de Abril, Dia Internacional do Livro Infantil, e o público preferencial são as crianças e jovens, mas não só.

A data coincide com a comemoração do aniversário de nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen.

A partir das 15 horas a porta da nossa livraria estará aberta para receber os escritores Luísa Ducla Soares e Fernando Bento Gomes e o ilustrador e autor de banda desenhada José Ruy e todas as crianças e jovens que queiram descobrir centenas de livros, para diversas idades e interesses. Esperamos também que familiares e outros agentes educativos e culturais nos visitem nessa tarde, pois conviver com livros é sempre uma grande festa.

O programa será diversificado. Além do convívio com os escritores, haverá leitura de textos e narração de contos e oportunidade para desenhar o que for ouvido ou simplesmente imaginado. Além de outras surpresas que não vamos revelar agora. Esperem para ver!

Julgamos não ser necessário insistir no facto de que criar hábitos de leitura nos mais novos deve ser um imperativo de todos nós, educadores, mediadores, animadores de leitura, profissionais do jornalismo cultural e do livro, que também somos leitores. Quanto mais uma criança lê ou ouve ler mais se motiva para novas leituras, mais se abre ao novo, mais se desenvolve, mais cresce.

Efectivamente, a interiorização de hábitos de leitura depende em grande parte da frequência e da qualidade das interacções do indivíduo com o livro e quanto mais cedo começar melhor. A todos nós cabe grande parte deste trabalho.

Entendida como algo de que as nossas crianças e jovens não deverão separar-se e que os acompanhará ao longo da vida, a leitura faculta a aquisição de competências fundamentais para a sua formação e integração social e contribui para o seu sucesso escolar.

Enquanto mediadores entre a criança e o livro, precisamos constantemente de encontrar novas respostas para criar leitores competentes e interessados e não deixar que arrefeça o interesse daqueles que já lêem. Daí, serem tão importantes actividades de mediação construídas a partir de um conjunto de metodologias participativas, como a que vamos levar a cabo no próximo 2 de Abril.

Dado o interesse desta actividade, vimos, pois, pedir-lhe que colabore connosco na sua divulgação, a fim de que ela chegue ao maior número possível de interessados.

E, claro, esperamos que apareça e se envolva nas actividades.

Até 2 de Abril.

Fátima Ribeiro de Medeiros

..............................................

Ler também Manuel Medeiros, o Livreiro Velho, em Chapéu e Bengala.

Sem comentários:

Enviar um comentário