quarta-feira, 3 de agosto de 2011

O futuro transformava-se numa sala iluminada


«O futuro transformava-se numa sala iluminada que pretendíamos tomar de assalto, mesmo que viéssemos a ter de deixar parte do corpo entalado nas portas por onde passássemos»

Lídia Jorge, A noite das mulheres cantoras, D. Quixote, p. 80.

{Leitura de Joaquim Gonçalves / A das Artes}

Sem comentários:

Enviar um comentário