sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Estamos aqui, no avesso do «avesso do BI»

«[...]
3

«Se se continua a editar é porque vale a pena».

Mais uma, e com esta me fico: também estou a concordar.

Quanto mais se editar, melhor. Quanto mais palha, mais grão. É preciso mais cuidado para encontrar o grão? Responder com uma melhor crítica e melhores livreiros. Acima de tudo com os melhores leitores, os que sabem o que querem.

O meu cumprimento:

Passar bem, mesmo aí, no avesso do seu B. I.!
Só esse avesso me impede, depois deste encontro no meu, de lhe propor um encontro amigável no seu campo.

L. V.»

Parte final de um texto do «Livreiro Velho», o nosso Manuel Medeiros da Culsete, que vale a pena ler e reler na íntegra, bem como o texto imediatamente anterior, assim como um comentário, o primeiro e para já único, assinado pelo «Anónimo». Bem vindo(a) à conversa! E já sabe: o próximo Encontro é no dia 25 de Março de 2012 e, aqui, sempre que quiser(mos).

Sem comentários:

Enviar um comentário