terça-feira, 13 de setembro de 2011

Loja 107

«É tarde. Vamos sentir a imensa falta. Obrigado Isabel.»

[Carlos Querido]

«Livros, livros e mais livros ao meu redor é como o Tio Patinhas na sua piscina de dinheiro. Enquanto vivi nas Caldas, a Livraria 107 era o meu espaço privilegiado, particularmente as visitas e compras aos sábados de manhã. Uma segunda casa.»

[Victor Barreiras]

«Gente de todas as idades ali entrou para procurar uma pista para um livro, uma sugestão para uma oferta, uma leitura surpreendente para partilhar – um gesto de amor, de amizade, de respeito, de consideração, uma evocação grata, um agradecimento singular mediado por um livro. Miúdos, crianças contactaram ali com os primeiros livros, de histórias infantis ou de banda desenhada, sempre sob conselho e vigilância da Isabel.»

[João B. Serra]

«Isabel Castanheira é a imagem da paixão pelos livros, pela leitura, pelos autores. Vai fazer muita falta.»

[Paulo Ferreira]

1 comentário:

  1. Posso?
    «É tarde»,ou ainda posso,também eu,livreiro muito velho,entrar nesta roda de abraços à nossa colega que tanto dignificou uma profissão que a novas gentes em novas condições compete manter cada vez mais influente numa sociedade bem necessitada de boa leitura?
    M. Medeiros

    ResponderEliminar