domingo, 2 de outubro de 2011

Gosto de ver as estantes atulhadas


«Gosto de ver as estantes atulhadas, cheias de nomes mais ou menos familiares. Deleita-me saber que estou rodeado por uma espécie de inventário da minha vida, com prenúncios do futuro. Gosto de descobrir, em volumes quase esquecidos, traços do leitor que fui em tempos - apontamentos, bilhetes de autocarro, pedaços de papel com nomes e números misteriosos, uma data e um lugar ocasionais na guarda do livro que me transportam a um certo café, a um quarto de um hotel distante, a um Verão longínquo.»

Alberto Manguel, Uma História da Leitura.


Livraria Letra Livre
www.letralivre.com

Sem comentários:

Enviar um comentário