segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Livreiro da Esperança



Caro Sr. Jorge Figueira de Sousa,

É com imensa alegria que festejamos a passagem do seu 80º aniversário, como de alguém que é um exemplo, não só para a classe profissional dos livreiros portugueses, mas também para todas as «gentes do livro», pela história de que é herdeiro e pelo exemplo de vida, de persistência, de resistência e de visão e esperança de futuro que continua a transmitir às gerações actuais e vindouras.

Parabéns! Pela vida e pelo exemplo!

Ao propor às entidades oficiais e ao país um merecido reconhecimento público, procurámos chamar a atenção para o seu exemplo e também para o papel fundamental que os livreiros desempenham na concretização do que deveria ser um verdadeiro desígnio nacional:

a promoção do livro e da leitura como alicerce de um país mais culto, logo mais justo, mais livre e mais feliz.

A adesão à «Carta Aberta de "Gentes do Livro"», que estará em subscrição pública até ao final do dia de hoje, atesta a justeza do nosso objectivo inicial e confirma-o a si como Livreiro da Esperança. Sempre o foi, no sentido particular do termo. Também o é e sempre será, no sentido universal que o mesmo termo naturalmente comporta. Porque soube manter e desenvolver os sonhos de seu avô Jacintho e de seu pai José, mas também preparar o futuro, mantendo a esperança na Leitura, no Livro e na Livraria.

Sendo hoje um dia de festa muito especial para o Caro Amigo Jorge Figueira de Sousa, não queremos deixar de cumprimentar respeitosamente sua esposa, D. Maria de Lurdes, que, sabemo-lo bem, mas alguns depoimentos fizeram questão de no-lo recordar, é merecedora do nosso reconhecimento e da nossa admiração, enquanto precioso esteio, lado a lado com o seu marido, de uma empresa livreira que hoje não temos receio de classificar como uma autêntica universidade livreira para todos quantos estão nesta actividade como livreiros e não como meros vendedores de papel. Saudamos também, porque este projecto prova que só tem passado, presente e futuro o que se constrói em equipa e com alicerces bem firmes, todos os colaboradores e associados da Livraria Esperança, os de ontem, os de hoje e os de amanhã.

Um bom dia de aniversário, com saúde e muita alegria, junto dos que lhe são mais queridos, aos quais nos associamos num brinde de parabéns!

Com a amizade, a estima e a admiração

de todos quantos aqui fomos chamados

por um desejo de o ver devidamente homenageado

neste dia feliz dos seus 80 anos,


Encontro-Livreiro


1 comentário:

  1. José António Cabrita21 de novembro de 2011 às 11:52

    Sr. Jorge Figueira de Sousa,

    muito obrigado por ter cumprido tanto tempo de uma vida encantada. Pelo menos é o que parece àqueles que tiveram, algum dia, o privilégio de conversar consigo, tendo livros por objecto de conversa. Como é o meu caso, numa ocasião que nunca esquecerei, quando procurava livros sobre Timor.
    Que passe um muito bom dia, com os cordiais cumprimentos, do
    José António Cabrita

    ResponderEliminar