terça-feira, 10 de janeiro de 2012

«QUE MUNDO É O SEU?», pergunta o Livreiro Velho.

rabiscos vieira

«[...]

* SÓ UMA NOTA:
O Livreiro Velho vem pedir a algum perito no tema que lhe traduza este post no que ele tem de relação com o tempo de vida que as livrarias independentes podem ou não podem permitir a um livro.

Talvez por aqui se fique perto de um dos problemas curiosos com que, no Mundo do Livro, todos se debatem,  sem que ninguém dê um passo para , sequer, o entender, muito menos para que se lhe encontre solução.

«Todos se debatem», de um ou outro modo: do escritor ao leitor.
Se alguém disser que não, antes de mais será preciso perguntar-lhe: que mundo é o seu?
L. V.»

Ler post completo no «Chapéu e Bengala»

Sem comentários:

Enviar um comentário