quarta-feira, 23 de outubro de 2013

«Sou apenas um homem / Nada mais que um homem» (Resendes Ventura)





O Livreiro Manuel Medeiros, o nosso muito querido Livreiro Velho, deixou-nos esta manhã. Curvamo-nos perante o seu exemplo de vida e a mensagem de esperança que deixa às gentes do livro.

O nosso abraço solidário à Fátima, ao Nuno, ao Damião, à Ana Júlia e a toda a Família Medeiros.

Informamos que o corpo estará em câmara ardente a partir das 15 horas de hoje na igreja do Convento de Jesus, em Setúbal, sendo as exéquias celebradas amanhã a partir das 10 horas.

Encontro-Livreiro

14 comentários:

  1. Triste notícia. Um abraço grande, onde caibam todos, família e livreiros.
    Rita Pimenta

    ResponderEliminar
  2. Sim, apenas um homem. Mas ser um homem como foste não é para qualquer.
    As saudades começaram hoje.
    Um grande abraço nelas.
    onésimo

    ResponderEliminar
  3. Um abraço grande e sentido a todos os Medeiros, devo muito ao homem e a toda a família e apesar de longe da vista estão sempre perto do coração.

    Pedro Reisinho

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida que Setúbal e o país ficam mais pobres com a partida física deste homem, que nos enriqueceu com a sua persistência e paixão pelo mundo dos livros e por toda a sua convivência com o mundo das artes. Os meus sentidos pêsames à família Medeiros, em particular à Fátima sua grande companheira de vida. José - António Chocolate

    ResponderEliminar
  5. Os meus sentimentos. Que descanse em Paz com o Senhor
    Beijos
    Bruno Leite

    ResponderEliminar
  6. Fossem todas as conversas como as (infelizmente) poucas que tive consigo. Um abraço de admiração, e os meus sentimentos a toda a família.
    Carolina Freitas

    ResponderEliminar
  7. Estou longe nos açores, mas sou Medeiros e o meu coração hoje doí tanto.... a incerteza do desconhecido e de não o reaver dá uma inquietude e saudade... já não o via à mais de um ano e pensava que estaria sempre ali... e agora.

    ResponderEliminar
  8. Sentidos pêsames.
    Isabel Castanheira

    ResponderEliminar
  9. Os meus sentimentos.
    Carlos Rito

    ResponderEliminar
  10. Querido "Tio" do coração, como eu te chamava. Pediste para eu não chorar quando partisses, mas a verdade é que o meu mundo ficou muito mais só. E agora?

    ResponderEliminar
  11. O Homem parte, mas pela obra e pela vida que viveu e partilhou ele permanece...
    O nosso sentido pesar a toda a Família.
    Eduarda e José Gonçalves

    ResponderEliminar