sexta-feira, 28 de março de 2014

Encontro Livreiro - Um espaço para todos


As tribos do livro são por definição variadas.

Podemos gostar de livros ou obras, de literatura, de autores, de livrarias ou bibliotecas, podemos simplesmente apreciar ou preocupar-nos com tudo o que é processo, objecto ou pessoa deste meio. Cada um terá as suas preferências e inclinações, mas poucos são os espaços por definição aglutinadores, onde os temas tanto se discutem como celebram, onde a diversidade não só é constituinte como teleologicamente definidora.

O Encontro Livreiro é um desses espaços.

Como não poderia deixar de ser, a Orgia Literária faz parte desta iniciativa desde o princípio e este Domingo, dia 30 de Março, lá estaremos de novo a dar o nosso contributo, usufruindo da excelente camaradagem que sempre se gera entre participantes, conhecidos e desconhecidos. 

Esta não é uma época fácil e muitos são os problemas que atingem o sector, tantos que por regra tendemos a esquecer o que de nobre e valoroso entre nós aí existe. E tudo começa e acaba em simples pessoas, que podem e devem juntar-se para falar e celebrar a sua variedade, mas também para sugerir ou pensar em soluções. Sem pessoas e sem que se juntem para resolver os problemas que existem, nada é feito e tudo piora. Esta faceta de resistência e vontade faz parte do Encontro Livreiro desde a primeira hora, e sob tal signo tem crescido e sedimentado a sua acção.

Por isso já sabem, se quiserem um bom programa para Domingo, onde todos são importantes e necessários, podem vir até à Livraria Culsete em Setúbal pelas 15h, e passar uma excelente tarde. Serão bem-vindos.

Nuno Fonseca, Orgia Literária

Sem comentários:

Enviar um comentário