quinta-feira, 23 de outubro de 2014

I ENCONTRO LIVREIRO DO PORTO E GRANDE PORTO


Acabou de nos chegar, via Poetria, a notícia da realização do 

I Encontro Livreiro do Porto e Grande Porto

Será na tarde do dia 23 de Novembro de 2014, na 

Livraria Lello | Prólogo Livreiros

Depois da experiência dos Encontros Livreiros de Trás-os-Montes e Alto Douro, que já conheceu várias edições e vai rodando pelas livrarias da região, 

saudamos a realização, no Porto, de uma experiência que, no Encontro Livreiro, sempre desejámos ver reproduzida em várias regiões do nosso país. 

Apelamos, desde já, a que se façam representar no próximo Encontro Livreiro nacional, a realizar, como habitualmente, na livraria Culsete, em Setúbal, na tarde do último domingo de 
Março de 2015.

Contem sempre com a melhor colaboração do movimento 
Encontro Livreiro.

ISTO NÃO FICA ASSIM!

Encontro Livreiro
Setúbal, 23 de Outubro de 2014

… | ...

«Está em preparação o I Encontro Livreiro do Porto e Grande Porto, a realizar no próximo dia 23 de Novembro e que terá lugar na livraria Lello (Rua das Carmelitas – Porto).

No rescaldo da recente feira do livro do Porto, que ocorreu no Palácio de Cristal entre os dias 5 e 21/9/21014, é de toda a oportunidade que os livreiros continuem a afirmar-se vivos entre os mais vivos e não "mortos entre os vivos", citando Jaime Bulhosa quando assim se exprimia, com alguma amargura, em 2012, aquando da 82ª Feira do Livro de Lisboa.

Em suma, é tempo de passarmos a palavra, junto dos livreiros e demais gentes do livro, "isto não fica assim", instituída e materializada em blogue, por ocasião do I Encontro Livreiro na Livraria Culsete, em Setúbal.

O sábio Manuel Medeiros, carinhosamente apelidado de "Livreiro Velho", dizia então: "... o olhar encontra de imediato os escritores e os leitores, mas entre o livro e a leitura está o livreiro. O escritor publica a escrita, o editor publica o livro, o livreiro 'publica' a leitura".

E da Traga-Mundos, livraria de Vila Real onde também se realizou o Encontro Livreiro, vinham estas palavras (citadas de um Encontro Livreiro de Setúbal): "O Encontro Livreiro é simplesmente um movimento de aproximação entre quem, vivendo e trabalhando no meio dos livros — livreiros, gentes do livro e todos quantos se reconhecem, de um ou outro modo, no amor e no culto do livro —, já percebeu que não faz sentido, hoje mais do que nunca, andarmos a esforçar-nos cada um por si, numa 'guerra' que só pode ser vencida em comum, lado a lado, se é que se pretende que o livro continue a ser uma das mais ricas potencialidades do homem civilizado para progredir em direcção a todas as suas utopias e ambições. E conseguir que, trabalhando com ele e para ele, se vão colhendo bons proveitos e justos proventos".

A Poetria, Imprensa Nacional - Casa da Moeda, Lello, Lumière, João Soares e Manuel Ferreira, por parte dos livreiros do Porto, vêm por este meio convidar os estimados colegas e as designadas "gentes do livro" — autores, jornalistas, professores, leitores, editores, tradutores, bibliotecários… — reunindo-as num Encontro Livreiro no Porto para nos conhecermos, pensarmos e falarmos sobre o objectivo central: o livro e a leitura.

Um Encontro que se quer também de partilha de experiências, histórias e troca de informações sobre as contingências da nossa profissão, a nível do mercado, dos agentes e instituições culturais, dos leitores, presentes e futuros, e tudo o mais que tenha a ver com os livros, numa perspectiva de superação da crise pela positiva e não pelo queixume ou desistência.

Também nos motiva a vertente social e lúdica do Encontro, enquadrada num momento de fruição de prazeres como um porto, um vinho tinto (ou até água fresquinha da torneira), mais uns petisquinhos genuinamente nacionais — uma autêntica broa de Avintes, uns bolinhos de bacalhau ou umas pataniscas do mesmo —, mais uma musiquinha, cantada ou tocada, ou mesmo poesia...

Chegados a este ponto, gostaríamos agora de colher a vossa opinião, sugestões, ideias ou quaisquer considerações que nos possam ser úteis no sentido de prosseguirmos no caminho que nos conduza à concretização ideal desse Encontro.

Quanto ao local, pensamos que o mais acertado será que o Encontro aconteça na livraria Lello, cujo livreiro, o Sr. Antero Braga, foi recentemente declarado “Livreiro da Esperança”. Além disso, esta emblemática livraria fica numa zona privilegiada e histórica do Porto, enquadrada pelas ruas José Falcão, Carmelitas, Passeio dos Clérigos, pç Gomes Teixeira (Leões) e Carlos Alberto.

Apelamos a que todos, através dos contactos e meios de que disponham, colaborem na divulgação do conteúdo desta comunicação e do I Encontro Livreiro do Porto e Grande Porto, que se organizem em grupos (de amigos, de profissão, de empresa, etc.) e se desloquem ao Porto, se o desejarem e se possível, almoçando num dos inúmeros e cativantes restaurantes na zona (quem sabe uma francesinha no Golfinho, aqui tão perto), e a seguir encaminhando-se para o convívio e o Encontro na livraria Lello.»

Livraria Poetria

Sem comentários:

Enviar um comentário