segunda-feira, 6 de abril de 2015

O VI ENCONTRO LIVREIRO FOI ASSIM

 

image

Passada uma semana sobre o VI ENCONTRO LIVREIRO, vamos começar a apresentar a partir de hoje algumas fotos, o texto do Encontro, da autoria de Nuno Seabra Lopes, e outros depoimentos que ajudaram a construir o Encontro e a enriquecer o debate.
Diga-se desde já que este VI Encontro correu muito bem. Ao final da tarde somávamos propostas concretas e muito válidas e ainda trouxemos connosco várias opiniões que nos ajudarão a repensar as questões da leitura e do livro.

image

Enquanto esperavam que o E.L. começasse, a Clementina e o Fernando não resistiram e começaram a ler. Como nós gostamos disso!

Iniciámos o VI E.L. entregando com muito prazer o diploma Livreiros da Esperança 2015 a Luís Alves Dias, na pessoa do seu filho, Luís Alves, editor e atual gerente da Livraria Ler, que assegura a continuidade do projeto livreiro iniciado pelo nosso homenageado. Luís Alves agradeceu a homenagem, evocou o pai e recordou alguns momentos passados na livraria ao lado dele. Foi, como sempre, um momento de diferentes emoções.

image

Aproveitamos para agradecer publicamente a José Teófilo Duarte a feitura do diploma, belissimamente concebido e que muito agradou a todos, em especial ao destinatário. Aproveitamos ainda para voltar a agradecer a Pedro Vieira a elaboração do cartaz de promoção do Encontro, que oferecemos a todos os participantes, transformado em marcador de livros.

image

Passou-se de seguida à segunda parte do Encontro Livreiro. Nuno Seabra Lopes leu o seu texto (será publicado amanhã neste blogue) e imediatamente se iniciou o debate, vivo e espontâneo e muito participado, tendo um dos presentes, Nuno Fonseca, trazido também um texto sobre o tema proposto que, em devido tempo,leu aos presentes.

image

Quanto aos participantes, vieram de muitos lados, prontos a ouvir e a dialogar. Sendo o Encontro Livreiro um movimento feito por pessoas, a partir delas, das suas ideias e da sua vontade se constroem os nossos percursos. Sabendo nós que sem pessoas o E.L. não existiria, foi com alegria que voltámos a encontrar participantes que aparecem desde o primeiro, o segundo, o terceiro Encontros. São a sua base, o seu corpo, a sua continuidade.

image

Tivemos o prazer de voltar a receber, como acontece desde 2013, ano em que foi a Livreira da Esperança, Caroline Tyssen, atenta, entusiasta e irreverente como sempre.

image

Várias pessoas apareceram pela primeira vez, aumentando, assim, o nosso movimento. De leitores a escritores, de livreiros a editores, passando por bibliotecários, de diversa gente dos livros se constituiu o grupo dos novos deste VI Encontro Livreiro. Gostaríamos de destacar alguns desses novos participantes, pela sua simbologia: Duarte Pereira (Livraria Snob, Guimarães), Fernando Dacosta (escritor), José António Calixto (bibliotecário), Pedro Bernardo (editor). A diversidade continua a ser uma constante entre os participantes do E.L.

fotografia 3 (6)

Já o VI E.L.ia a mais de meio quando Hugo Xavier e Pedro Bernardo tomaram a palavra para nos falarem de uma nova proposta editorial que se abrirá a várias parcerias, sendo uma delas com as livrarias. Desde já saudamos essa iniciativa. Sobre essa apresentação contamos dar-vos elementos daqui a alguns dias.

image

Ainda houve tempo para beberricar o Moscatel de Setúbal e provar algumas das especialidades da doçaria regional. Os persistentes lá foram uma vez mais jantar choco frito.

Em 2016 cá estaremos de novo. Estamos já a desenhar o VII ENCONTRO LIVREIRO.

 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário