sábado, 28 de março de 2015

O VI ENCONTRO LIVREIRO é já amanhã, dia 29, a partir das 15:00 h

 

encontro livreiro

É já amanhã, 29 de março, a partir das 15:00 horas, que vai acontecer na livraria CULSETE,em Setúbal, o VI ENCONTRO LIVREIRO, encontro anual das "gentes do livro".
O Encontro Livreiro tem dois momentos:
- Entrega do diploma Livreiros da Esperança 2015 ao livreiro Luís Alves Dias, da Livraria Ler.
- Apresentação do texto do Encontro, «Novos mundos, novos atores - a alteração radical no mundo do livro», por Nuno Seabra Lopes, seguido de debate e troca de ideias entre todos os presentes.

Traje obrigatório: interesse em participar e boa disposição.

Aparece.Todos juntos somos mais fortes na defesa da leitura e do livro.

Amanhã a esta hora espero que digas connosco: EU FUI!

quarta-feira, 25 de março de 2015

faltam poucos dias para o VI Encontro Livreiro

É já este Domingo o VI ENCONTRO LIVREIRO na livraria Culsete.

Nesse dia todos os caminhos vão dar a Setúbal e à Avenida 22 de Dezembro, 
onde a partir das 15 horas daremos início ao Encontro.


Vamos entregar com muito prazer o DIPLOMA LIVREIROS DA ESPERANÇA ao saudoso Luís Alves Dias, da Livraria Ler, na pessoa do seu filho e actual gerente da livraria, Luís Alves.

Vamos falar acerca da presente situação do livro, partindo do texto do 
Encontro, este ano a cargo de Nuno Seabra Lopes, tendo como título NOVOS MUNDOS, NOVOS ATORES, A ALTERAÇÃO RADICAL NO MUNDO DO LIVRO. Espera-se o contributo de todos os presentes para o seu aprofundamento.

O ENCONTRO LIVREIRO é um espaço de reflexão e troca de ideias, mas também de convívio feito em torno dos livros, pelo que o Moscatel de Setúbal e outras preciosidades da região, como as tortas de Azeitão, não poderão faltar.

O ENCONTRO LIVREIRO é feito por todos aqueles que vivem em torno dos livros, todos aqueles que não entendem a sua vida sem livros, as gentes do livro, dos livreiros aos leitores, passando por editores, ilustradores,
escritores, comerciais do livro, designers de comunicação, alfarrabistas, encadernadores, académicos, professores, bibliotecários, tradutores, jornalistas culturais e todos os outros.

Há que pensar nas questões do mercado do livro. Quem melhor do que nós para o fazer?

O ENCONTRO LIVREIRO defende e promove a dignidade de todas estas actividades defendendo e promovendo a leitura e por conseguinte o livro nas suas diferentes formas.

A questão da leitura interessa a todos. Por isso o ENCONTRO LIVREIRO é para todos.
O evento facebook pode ser visto aqui.



sexta-feira, 20 de março de 2015

VI ENCONTRO LIVREIRO – Eu vou!


VOU AO VI ENCONTRO LIVREIRO PORQUE, depois de abrir a Traga-Mundos em Vila Real em 2011, foi no espaço da Culsete em Setúbal que fui encontrar o alento para continuar, junto da força e ensinamentos de Fátima e Manuel de Medeiros, e da visão e afectos de Luís Guerra. E fui retornando nos anos seguintes, colhendo mais exemplos dos livreiros homenageados.

António Alberto Alves
Livraria Traga-Mundos, Vila Real

segunda-feira, 16 de março de 2015

VI ENCONTRO LIVREIRO – Eu vou!


Eu vou ao VI ENCONTRO LIVREIRO porque há poucas coisas na vida mais interessantes do que  livros e poucos sítios melhores para falar deles do que a CULSETE e poucas coisas mais persuasivas do que o Moscatel de Setúbal.

Gonçalo Mira

sábado, 14 de março de 2015

VI ENCONTRO LIVREIRO – Eu vou!

DSCF5595

"Como Livro sério que sou, e aproveitando o facto de o Sr. Fonseca ter a bondade de me transportar para o efeito (ele anda sempre com livros por todo o lado), tenho a dizer que estou muito feliz em poder participar como espectador no evento do dia 29 deste mês na Culsete, o VI ENCONTRO LIVREIRO. Não é todos os dias que tantas e tão boas pessoas falam de mim e dos meus familiares e amigos. É muito satisfatório que demostrem assim a nossa importância e que falem de tudo o que a nós se refere.
É verdade que nós, os livros, somos seres únicos e diversificados, e que muitos são os problemas que nos cabem, mas também o são as alegrias que proporcionamos. Ouvir falar de tudo isto é sinal de preocupação, afecto e também a melhor forma de resolver as questões que nos assolam.
Assim sendo, lá estarei na Culsete à hora prevista (15 h), para passar uma excelente tarde. Sê-lo-á certamente, como já o sei de anos anteriores (sim, porque o Sr. Fonseca acha que eu sou daqueles que se leem devagarinho e repetidas vezes - valha-me o santo homem).
E se alguém nos quiser fazer companhia, ainda melhor: lá nos encontraremos!"

[Nuno Fonseca]

quarta-feira, 11 de março de 2015

VI ENCONTRO LIVREIRO – Eu vou!

 

FOTO2 (2)

Eu vou ao VI ENCONTRO LIVREIRO porque não gosto de lamúrias, não gosto de ficar parado a pensar como tanta coisa está mal e eu sem nada fazer. Porque sei que se as soluções para o mercado dos livros forem encontradas entre quem ama os livros será bem melhor do que se for por quem não os ama; algo que tem acontecido demasiadas vezes.
Vou porque acredito e por causa do moscatel, dos amigos e das tortas de Azeitão, claro, mas isso eu não confesso porque estou de dieta.

Nuno Seabra Lopes

FOTO1 (2)

terça-feira, 10 de março de 2015

Olh’à publicidade!

 

VI ENCONTRO LIVREIRO
29 DE MARÇO DE 2015
CULSETE, 15 HORAS

Entrega do diploma LIVREIROS DA ESPERANÇA a LUÍS ALVES DIAS

Debate e troca de ideias em torno do tema NOVOS MUNDOS, NOVOS ATORES
A ALTERAÇÃO RADICAL NO MUNDO DO LIVRO

A Rosa, o Nuno, o Luís, a Fátima, o Gonçalo e muitos outros estarão à vossa espera.

 

encontro livreiro

 

 

segunda-feira, 2 de março de 2015

Março, mês de Encontro Livreiro

 

encontro livreiro

 

Já chegámos a março, mês da mulher, da poesia, do teatro, da Juventude.
Já chegámos a março, mês do ENCONTRO LIVREIRO. O VI Encontro Livreiro.
Como sabe, este ano as conversas vão ter um denominador comum, o tema do Encontro, Novos Mundos, Novos Atores, a Alteração Radical no Mundo do Livro, que será introduzido por Nuno Seabra Lopes e aprofundado por quem quiser intervir.
Venha ter connosco à Culsete.
Venha provar o  Moscatel de Setúbal.
Venha falar de livros.
Traje obrigatório: interesse em participar e boa disposição!